Notícias no concelho de Batalha

Voltar

Pág.: 1
2017-01-23 00:00 - C.M. Batalha

O Hostel da Pia do Urso, um conceito inovador promovido pelo Município da Batalha, será uma realidade no próximo mês de março. Este projeto conta a assinatura da Arquiteta Joana Marcelino e já é célebre graças ao design, bem como pelo conceito temático em torno do Ecoparque da Aldeia da Pia do Urso e pela ligação ao Centro de BTT da Batalha.


O Hostel da Pia do Urso dispõe de uma capacidade para 32 hóspedes, disponibilizando ainda duas suites, a que se juntam zonas sociais e instalações de apoio de qualidade, num processo de integração da antiga escola primária que está na base deste projeto turístico.


Trata-se de um projeto de iniciativa municipal e que representa um investimento de 305 mil euros e que perspetiva a sua exploração ser objeto de concessão por concurso público, potenciando assim a rentabilização do investimento público e sobretudo dinamizando o empreendedorismo num setor estratégico como é o turismo da natureza associado ao Ecoparque da Aldeia da Pia do Urso e ao Centro de BTT da Batalha.



A expectativa criada em torno deste novo empreendimento deve-se sobretudo à sua componente inovadora e proximidade à conhecida Aldeia da Pia do Urso, projeto ambiental de reconhecido mérito e Prémio Município do Ano, atribuído à Autarquia da Batalha pela Universidade do Minho.


Pela proximidade a vários pontos de interesse turístico, como sejam o Mosteiro da Batalha, as grutas da Moeda e também do Santuário de Fátima, o Hostel da Pia do Urso tem suscitado muito interesse junto dos operadores turístico e amantes da natureza.


“Qualificar a oferta turística e ampliar as condições de alojamento na zona da Aldeia da Pia do Urso, foram preocupações chave para a realização deste projeto, que pretendemos inovador no domínio do design e também ao nível da sustentabilidade ambiental do Hostel”, refere o Presidente da Câmara Municipal da Batalha, Paulo Batista Santos. “Trata-se também de um projeto inclusivo e que irá privilegiar todos aqueles que são amantes da natureza”, acrescenta o autarca.


 


Assista ao vídeo de apresentação do projeto no link: https://www.facebook.com/MunicipioBatalha/videos/1191578174231497/


 

2017-01-17 00:00 - C.M. Batalha

A Câmara Municipal da Batalha implementou várias medidas de prevenção para a vaga de frio que se perspetiva para os próximos dias, através da distribuição de lenha e fornecimento de gás para promover as melhores condições de aquecimento das habitações de famílias carenciadas.


Em causa estão cerca de três dezenas de famílias sinalizadas pelas Juntas de Freguesias, Instituições Particulares de Solidariedades Social e Serviços Sociais da Câmara Municipal, entidades que acompanham regularmente as situações de intervenção social prioritária.


Estão igualmente previstas ações de informação e alerta da população para os risco inerentes às vagas de frio, a realizar em colaboração com a Autoridade Nacional de Proteção Civil e as Unidades de Saúde, nomeadamente junto dos idosos, crianças e pessoas com dificuldades.


Recorde-se que as previsões apontam para uma forte diminuição da temperatura a partir da noite de terça para quarta-feira, provocando uma situação de tempo frio e seco que se prolongará até ao próximo sábado (21 de janeiro), com os valores de temperatura mínima a variar entre 0º e 4º C, podendo atingir valores negativos em algumas zonas do Concelho da Batalha.


Ao nível da prevenção de riscos de acidente, resultado da formação de gelo nas vias municipais, a Autarquia está a realizar espalhamentos de sal em troços de estradas com ensombramento permanente, procedendo, também, à limpeza das estradas por forma a minimizar os riscos de falta de aderência das viaturas.


No âmbito da prevenção de acidentes rodoviários, o Município desenvolveu também um levantamento dos designados “pontos negros” da rede viária municipal, onde se registaram um ou mais acidentes. Trata-se de um projeto encetado na sequência de protocolo recentemente subscrito com a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR). A lista dos pontos negros com mais acidentes no Município da Batalha dará lugar as intervenções de melhoria da aderência do piso e retificações do traçado, sempre que se justifiquem e melhorem a segurança das vias municipais.


Para estes projetos municipais de proteção do frio e prevenção da segurança rodoviária, a câmara municipal da Batalha estima um investimento superior a 50 mil euros, com maior expressão nas intervenções de prevenção a realizar nas vias municipais.


Para o Presidente da Câmara Municipal da Batalha, Paulo Batista Santos, “o investimento que realizamos na prevenção é o caminho mais seguro na proteção da população, de modo especial dos grupos populacionais mais vulneráveis, crianças, idosos e pessoas portadoras de patologias crónicas”. “Essa é uma missão que beneficiamos do trabalho extraordinário das IPSS e serviços de proteção civil”, refere ao autarca.


Em caso de necessidade, contacte a Protecção Civil Municipal, através do número 964 771 961.

2017-01-09 00:00 - C.M. Batalha

De acordo com dados da Direção-Geral do Património Cultural (DGPC), o Mosteiro da Batalha foi o monumento mais visitado fora de Lisboa, em 2016, tendo alcançado o registo de 396.423 visitantes pagos.


Em 2016 o número de visitantes do Mosteiro da Batalha cresce 20,1%, face ao ano anterior, sendo o monumento nacional que regista o maior aumento de visitantes.



No topo da lista dos monumentos mais visitados do país figura o Mosteiro dos Jerónimos, com um milhão e oitenta mil pessoas, seguindo-se a Torre de Belém, com 685.964 visitas seguindo-se o Mosteiro da Batalha.



Num ano de grande impacto do setor do Turismo, os números agora tornados públicos pela Direção-Geral do Património Cultural voltam a evidenciar o destaque que o Mosteiro de Santa Maria da Vitória assume no âmbito dos monumentos mais visitados no país.



Para o Presidente da Câmara da Batalha, Paulo Santos, “o facto de o Mosteiro da Batalha ocupar, destacado, a terceira posição na lista dos monumentos mais visitados do país, realça a importância cultural e turística deste monumento, no contexto da entrada de artistas na região centro”.



O Autarca evidencia a concretização, já em 2017, de projetos ligados à preservação e proteção do monumento, como seja a instalação de uma barreira sonora e de um jardim na zona frontal do monumento e contígua ao IC2, bem como a realização de um programa cultural diverso e abrangente, que contemplará congressos científicos de âmbito internacional, concertos, atividades de serviço educativo junto das escolas e representações teatrais.



Paulo Santos destaca, ainda, “o trabalho de exceção que vem sendo concretizado pela direção do monumento”, evidenciando “a articulação muito positiva entre Autarquia e a tutela”.


 

2017-01-05 00:00 - C.M. Batalha

O ano de 2016 registou um crescimento consolidado de turistas no Concelho da Batalha, com expressão significativa na ocupação hoteleira e nos estabelecimentos de restauração.


Esta tendência, verifica-se também nos atendimentos efetuados no Posto de Informação de Turismo da Vila que contabilizou, ao longo dos doze meses de 2016, um total de 28.434 atendimentos, (mais 4598 do que em 2015), representando um aumento de 19% face a igual período de 2015.



O número em causa volta a posicionar o Posto de Informação de Turismo da Batalha nos lugares cimeiros da lista dos postos de informação afetos ao Turismo do Centro com maior atividade, num território constituído por mais de 100 concelhos. O mês que registou maior atividade no atendimento aos turistas foi em agosto, com 4711 registos. Verifica-se um crescimento do número de turistas nacionais que visitaram este equipamento, sendo que França, Espanha, Alemanha e Brasil são as nacionalidades com maior representatividade.



Esta tendência de crescimento foi também sentida no número de visitantes do Museu da Comunidade Concelhia da Batalha que registou um crescimento de 9% do número de entradas, face a 2015.



Para Paulo Santos, Presidente da Câmara Municipal da Batalha, estes números “evidenciam um crescimento consolidado do Turismo que se encontra numa trajetória francamente positiva”.


Para o Autarca, “o ano de 2016 ficará na história como um dos melhores exercícios para esta atividade económica com grande importância no Concelho da Batalha e na região”.


 

2017-01-02 00:00 - C.M. Batalha

A Câmara Municipal da Batalha registou em 2016 os melhores números de sempre ao nível do saldo de gerência, com um valor positivo no montante de 2.913.865,55€, à data de 30 de dezembro.


Tendo em conta a sua especificidade no que se refere à utilização do saldo pela administração local, esta componente da receita pode ser disponibilizada para o cálculo dos fundos disponíveis de janeiro e utilizada pela Câmara Municipal da Batalha para dotar de meios financeiros novos projetos para 2017.


A requalificação dos equipamentos educativos, a reabilitação urbana, a formação e empreendedorismo dos jovens, a consolidação das áreas de acolhimento empresarial, a proteção ambiental e valorização do Mosteiro e as medidas de apoio social, são os principais investimentos destacados pela Autarquia para 2017.


Para o Presidente da Câmara, Paulo Batista Santos, "o ano de 2017 começa com grande confiança quer nos indicadores de atração económica e na criação de mais postos de trabalho, quer na saúde financeira da Câmara que lhe permite fazer face aos grandes desafios dos fundos comunitários do Portugal 2020".

2016-12-27 00:00 - C.M. Batalha

A Câmara Municipal da Batalha promove candidatura ao Programa Operacional Centro 2020 para a instalação de mais de um milhar e meio de unidades de iluminação tipo LED, nas principais vias de comunicação e centros urbanos do concelho da Batalha, um investimento superior a um milhão de euros, incluindo também medidas de racionalização das condições energéticas em edifícios e piscinas públicos.


Esta intervenção ao nível da iluminação pública vai ser implementada, de forma faseada, nas principais artérias e lugares das freguesias do Concelho da Batalha, de modo a promover uma maior eficiência energética da rede de iluminação pública municipal. Trata-se de um investimento inicial de 600 mil euros, co-financiando em 85% por fundos europeus (FEDER).

A iluminação LED permite obter mais de 70% de poupança de energia elétrica, comparativamente à tecnologia de vapor de sódio de alta pressão. Para além da redução de custos, o sistema LED permite obter uniformidade na iluminação pública, originando uma otimização na visualização noturna dos locais intervencionados, beneficiando as condições de segurança.


Também neste projeto pretende-se reduzir o consumo energético do edifício público dos Paços do Concelho, onde funcionam os serviços municipais, espaço e loja do cidadão (em conclusão), auditório e biblioteca municipal. O edifício dispõe de sistemas de ar condicionado com mais de 18 anos e apresenta níveis de consumo muito acima dos padrões de referência. Pretende-se aumentar a eficiência energética ao nível do aquecimento do ambiente em + 29%; do arrefecimento do ambiente em + 250%, através da integral substituição do atual sistema de climatização, num investimento global de cerca de 200 mil euros.


Aumento da eficiência energética nas piscinas municipais da Batalha, através da implementação de medidas de eficiência energética, representa um apoio FEDER de 200 mil euros, para um investimento de 235.295,00 euros.


Estas medidas de eficiência energética promovem poupanças superiores a 275.000 kWh/ano só na iluminação pública, o que representa uma redução da fatura energética de cerca de 40 mil euros anuais, perspetivando-se que o investimento seja integramente reembolsado no prazo de uma década e meia.


Para o Presidente da Câmara, Paulo Batista Santos, “este é um importante investimento na estratégia municipal para a sustentabilidade ambiental e energética e que irá permitir à autarquia poupar várias dezenas de milhares de euros anuais”. “A Batalha faz parte do Pacto dos Autarcas desde maio de 2015, assinado com Bruxelas, e este projeto confirma o compromisso da autarquia em adotar medidas contra o aquecimento global”, acrescenta o edil da Batalha.


Note-se que a criação do Pacto dos Autarcas tem como objetivo a colaboração entre municípios e países no sentido de reduzirem, até 2020, 20 por cento das suas emissões de gases com efeito de estufa (GEE).


Consulte o Plano de Ação da Batalha na seguinte hiperligação: http://www.pactodeautarcas.eu/about/signatories_pt.html?city_id=7999&overview

Pág.: 1
Publicidade | Sobre o Portal Nacional | Termos e Condições | Contactos | Clientes | No Facebook | No Twitter
Portal Nacional - 2009-2017 © Webdados - Tecnologias de Informação, Lda.
Todos os conteúdos são propriedade das entidades responsáveis pelas fontes devidamente assinaladas