Notícias no concelho de Batalha

Voltar

Pág.: 1
2017-03-21 00:00 - C.M. Batalha

O Município da Batalha volta a aderir à iniciativa “Hora do Planeta”, efeméride que se Assinala no próximo dia 25 de março, sábado, das 20h30 às 21h30 e que se traduzirá em desligar das luzes do edifício dos Paços do Concelho e do Museu da Comunidade Concelhia.


Aos edifícios municipais, juntar-se-á ainda nesta ação o Mosteiro de Santa Maria da Vitória.



Com a realização da “Hora do Planeta”, iniciativa promovida pela rede WWF (World Wildlife Found), pretende-se encorajar os parceiros e a população para a problemática das alterações climáticas registadas nos últimos anos, incutindo uma perspetiva de mudança urgente de comportamentos capazes de contribuir para a sustentabilidade ambiental.



O Município da Batalha, “atendendo a esta iniciativa e aos princípios inerentes da mesma, volta a aderir a esta ação, atendendo ao importante objetivo de sustentabilidade ambiental que a mesma preconiza”, explica Paulo Santos, Presidente da Câmara Municipal da Batalha.



Registe-se que a “Hora do Planeta” é, hoje, a maior ação ambiental do mundo, mobilizando milhões de pessoas, em mais de 8.000 cidades e vilas, em 178 países e territórios, incluindo Portugal.


 


 


 

2017-03-21 00:00 - C.M. Batalha

O Auditório Municipal da Batalha recebe ao longo do dia de hoje diversas sessões de cinema dirigidas aos alunos do 1º CEB, no âmbito do lançamento de uma campanha de sensibilização ambiental, em parceria com a SUMA.


Através da exibição do filme “A Tradição ainda pode ser o que era”, pretende-se junto dos alunos desmistificar alguns dos procedimentos relacionados com a reutilização de materiais e o combate ao desperdício.



Apostando numa mensagem pedagógica que foca a sua ação ao nível dos comportamentos ancestrais das populações, a iniciativa pretende reposicionar algumas tradições que, devido à mudança de paradigmas de consumo e de entretenimento, foram esquecidas ou relegadas para segundo plano.



A redução dos consumos na origem, a reutilização de materiais ou a valorização da mudança de função e utilidade de alguns produtos são alguns dos conteúdos exibidos no filme.



Registe-se que em complemento a esta iniciativa, ao longo do dia de hoje serão plantadas árvores nos diversos estabelecimentos de ensino concelhios, de forma a assinalar o Dia da Árvore que se assinala a 21 de março.



Sobre esta iniciativa, Paulo Batista Santos, Presidente da Câmara da Batalha valoriza “o seu papel pedagógico e o trabalho em estreita articulação no domínio da sensibilização ambiental que vem sendo realizado pela Autarquia e pela Suma”.



O Autarca, destaca ainda a recém inaugurada estação pedagógica Toca do Urso, na Aldeia da Pia do Urso, “que se tem revestido de grande sucesso junto dos visitantes do Ecoparque e que conjuga diversas vertentes de aprendizagem como a sensorial, a motora e a cognitiva”.


 

2017-03-14 00:00 - C.M. Batalha

A Câmara Municipal da Batalha vai implementar o projeto “Saúde para Todos”, uma iniciativa em colaboração com o Centro Hospitalar Nº Sra. da Conceição, unidade gerida pela Misericórdia da Batalha, e que visa reforçar a prestação de cuidados de saúde na freguesia da Golpilheira, Concelho da Batalha.


 


Esta resposta vem colmatar as necessidades sentidas pela população da Freguesia da Golpilheira, garantindo a reativação da Unidade de Saúde local, complementando a intervenção do Centro de Saúde da Batalha, num projeto a implementar por um período inicial de um ano, com possibilidade de renovação por períodos iguais, representando um investimento inicial de sete mil euros.



Os serviços que serão disponibilizados na Golpilheira correspondem ao levantamento realizado junto da população, englobando, entre outros:


a) apoio em todo a área de suporte aos doentes diabéticos e hipertensos;


b) avaliação de sinais vitais à população essencialmente idosa (tensão arterial, frequência cardíaca, etc.);


c) Sensibilização individual e em grupo para a prevenção e controlo de fatores de risco para as doenças mais frequentes na população (diabetes e doenças cardiovasculares e respiratórias).



Também está previsto no âmbito desta parceria com a Misericórdia da Batalha proceder à recolha de sangue para análises clínicas, a administração de injetáveis, o tratamento de feridas e ainda sessão semanal de terapia ocupacional de grupo para população sénior de forma a retardar dependências.



Para desenvolver este programa “Saúde para Todos”, o Centro Hospitalar Nº Sra. da Conceição assegura os meios humanos e técnicos necessários, constituídos por um Enfermeiro (1 vez por semana), um Terapeuta Ocupacional ou técnico de reabilitação (1 x semana), e um Médico (2 vezes por mês). A frequência das sessões e a duração do programa foram definidos em resultado do diagnóstico das necessidades e a população residente – 1 528 habitantes (2011).



Recorde-se que a Extensão de Saúde da Golpilheira foi encerrada em 2011 e com este projeto, aquele edifício volta a estar ao serviço da população local.



Para o autarca da Batalha, Paulo Batista Santos, “este novo programa é mais um projeto municipal na área da saúde e apoio social da população, procurando reforçar as condições de acesso aos cuidados de saúde por parte da população da freguesia da Golpilheira, sobretudo ao nível da população sénior”.



“A Batalha conta com uma excelente Unidade de Saúde Familiar (USF) e com um Centro Hospitalar de referência, esta é uma mais resposta de proximidade e de parceria com as instituições locais”, acrescenta o autarca.


 

2017-03-13 00:00 - C.M. Batalha

A 18 de março do ano de 1500, o Rei D. Manuel I elevou a Batalha a Vila, com jurisdição própria e como sede de Concelho. A data em causa representa um marco histórico e a autonomia municipal, assinalando-se no próximo sábado, 517 anos sobre a criação régia do Concelho da Batalha.



Com o intuito de assinalar esta importante efeméride, é inaugurada na Galeria do Posto de Turismo da Vila, no próximo sábado, às 17h30, a exposição “18 de março – o dia da criação do Concelho da Batalha”, que reúne documentação diversa compreendida entre os séculos XVI a XIX.



A mostra resulta de um trabalho de investigação realizado pelo Museu da Comunidade Concelhia da Batalha, tendo contado com o auxílio na busca de fontes históricas do Professor Doutor Saul António Gomes (Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra) e do historiador batalhense, José Travaços Santos.



É ainda abordada na mostra documental a supressão, em 1836 por Passos Manuel, da metade dos concelhos do território continental e a consequente incorporação da Batalha, como freguesia no Concelho de Leiria. Só a 12 de junho do ano seguinte, por documento legislativo, e após um amplo processo de mobilização popular, é restaurada a independência concelhia.



Refere Paulo Batista Santos, Presidente da Câmara da Batalha, que a exposição “18 de março – o dia da criação do Concelho da Batalha” se reveste de grande importância merecendo, por esta via “ser lembrada aos Batalhenses, face ao que representa e à conquista da autonomia municipal”.



Constitui ainda esta exposição, defende o Autarca “um motivo extraordinário para prestar homenagem aos Batalhenses que durante anos lutaram ativamente para que a Batalha conquistasse a sua autonomia enquanto território municipal”.



A mostra pode ser visitada diariamente até ao dia 26 de abril.

2017-03-12 00:00 - C.M. Batalha

A Câmara Municipal da Batalha vai iniciar a substituição gradual de veículos dos serviços urbanos ambientais por veículos elétricos destinados à mesma utilização no âmbito da atividade desenvolvida pela Autarquia, num investimento inicial de 109 mil euros, valor sujeito a candidatura e apoio em 50% pelo novo Fundo Ambiental criado pelo Decreto-Lei n.º 42-A/2016, de 12/08, e em vigor desde 1 de janeiro de 2017.


A substituição de viaturas e equipamentos de limpeza urbana mais antigos e/ou com maiores consumos de combustível, visa a redução dos consumos e das emissões de gases com efeito de estufa e, simultaneamente, contribuir para a redução de emissões poluentes e ruído em meio urbano.


Os equipamentos selecionados como prioritários foram orientados para os serviços de limpeza urbana, de jardins ou de apoio a serviços ambientais, bem assim pretende-se a substituição de duas viaturas de maior circulação no espaço municipal e afetas aos serviços de fiscalização e ordenamento do território.



De igual modo está previsto a instalação de pontos de carregamento de veículos elétricos, fomentando assim o uso desta tecnologia mais eficiente em termos ambientais.


Os equipamentos identificados para a limpeza urbana são uma lavadoura com sistema de aspiração, 100% elétrica, e dois triciclos de apoio à manutenção de jardins e apoio ao serviço ambiental. Este investimento é elegível no âmbito do novo Fundo Ambiental.


Recorde-se que o Fundo Ambiental, em vigor desde janeiro de 2017, tem por finalidade “apoiar políticas ambientais para a prossecução dos objetivos do desenvolvimento sustentável, contribuindo para o cumprimento dos objetivos e compromissos nacionais e internacionais, designadamente os relativos às alterações climáticas, aos recursos hídricos, aos resíduos e à conservação da natureza e biodiversidade”.


Para o Presidente da Câmara da Batalha, Paulo Batista Santos, “é fundamental para a qualidade de vida dos cidadãos que o Município da Batalha cumpra os objetivos da eficiência energética e esteja na vanguarda das políticas de defesa do ambiente”.


“Estamos convictos que a substituição de veículos de serviços municipais por veículos elétricos é o caminho correto e que gera eficiência na gestão de frotas e equipamentos, mantendo ao mesmo nível de serviços aos cidadãos”, acrescenta o Edil da Batalha.


 

2017-03-04 00:00 - C.M. Batalha

Tem lugar no sábado, 11 de março, às 21h00, na Igreja do Mosteiro da Batalha, um concerto único, que contará com a participação do músico e compositor português Rão Kyao, que apresentará o espetáculo litúrgico de autores portugueses “Sopro de Vida”.



Neste projeto musical, Rão Kyao recolheu temas de acordo com a progressão do ano litúrgico e procurou, simultaneamente, ordenar os temas ao ritmo da celebração eucarística, com temas que tocam as pessoas pela sua simplicidade, profundidade devocional e riqueza melódica, através de uma flauta de bambu e acompanhado ao órgão por Renato Silva Júnior.



Através deste espetáculo, que consiste na versão instrumental de um conjunto de cânticos marianos, Rão Kyao transmitirá uma mensagem de fé, esperança e amor.



As características únicas deste projeto estão fortemente ligadas ao turismo religioso e cultural proporcionando assim, um momento de reflexão e alegria ímpar na assembleia.



“O Mosteiro da Batalha é uma coisa do outro mundo. É um dos sítios mais bonitos que o país tem - e não tem tão poucos quanto isso. Vai ser uma ocasião muito especial", disse à Agência Lusa, o conceituado músico, referindo-se ao concerto a realizar no Mosteiro.



A entrada é livre e sujeita à capacidade do espaço.


 


Foto: Direitos reservados

2017-03-03 00:00 - C.M. Batalha

O Orçamento Participativo da Batalha recebeu na primeira fase deste processo de consulta pública à população, 24 propostas, mais 4 que no ano transato. Após a fase de análise técnica dos projetos submetidos, a Autarquia vai colocar à votação de todos os Munícipes, 14 projetos, no período compreendido entre 14 de março a 16 de abril.


 


O processo do Orçamento Participativo é gerido integralmente através de uma plataforma eletrónica, disponível no endereço: http://op.cm-batalha.pt decorrendo também aí as votações.



As 14 propostas selecionadas para votação englobam projetos e áreas de atuação tão diversas como a reativação do Cinema Municipal, a instalação de um gabinete de apoio à produção de energia elétrica, a instalação de uma parede de escalada para utilização pública ou a criação de equipas destinadas a garantir apoio à comunidade sénior na concretização de tarefas como reparações nas habitações.



De acordo com o regulamento do Orçamento Participativo da Batalha, a concretização das ideias propostas não deverá ultrapassar os 30.000 euros de dotação.
No entender de Paulo Batista Santos, Presidente da Câmara Municipal da Batalha, “é com entusiasmo que a Autarquia vê crescer o número de propostas submetidas face ao ano anterior”.



Para Paulo Santos, a concretização do Orçamento Participativo na Batalha “resulta da importância que o Executivo atribui a esta iniciativa, constituindo um relevante processo de participação pública que se revela de grande interesse manter e aprofundar”. Neste sentido, o Autarca destaca o investimento municipal superior a 100 mil euros efetuado nos últimos 4 anos na concretização do Orçamento Participativo municipal.



Registe-se que a divulgação do projeto vencedor ocorrerá a partir de 17 de abril.


 

Pág.: 1
Publicidade | Sobre o Portal Nacional | Termos e Condições | Contactos | Clientes | No Facebook | No Twitter
Portal Nacional - 2009-2017 © Webdados - Tecnologias de Informação, Lda.
Todos os conteúdos são propriedade das entidades responsáveis pelas fontes devidamente assinaladas