Deprecated: Passing parameters to the constructor is no longer supported. Please use set_feed_url(), set_cache_location(), and set_cache_location() directly. in /home/portalna/public_html/inc/system/phpclasses/SimplePie 1.3.1/library/SimplePie.php on line 640

Deprecated: Passing parameters to the constructor is no longer supported. Please use set_feed_url(), set_cache_location(), and set_cache_location() directly. in /home/portalna/public_html/inc/system/phpclasses/SimplePie 1.3.1/library/SimplePie.php on line 640
Notícias no concelho de Batalha - Portal Nacional

Notícias no concelho de Batalha

Voltar

Pág.: 1
2017-09-19 00:00 - C.M. Batalha

É num cenário único e envolvente como o Mosteiro da Batalha que Teresa Salgueiro apresenta a 22 de setembro, sexta-feira, às 21h30, o concerto “Horizonte e Memória”, o seu mais recente trabalho.


Reconhecida como uma das vozes que há três décadas canta Portugal e encanta o mundo, Teresa Salgueiro eleva-nos com o seu estilo único e inconfundível através da poesia e da música, num espetáculo mágico e contagiante onde se entrelaça o presente, o passado e o futuro.



“Horizonte e Memória” tem merecido da crítica excelentes considerações, num tributo à música portuguesa em que é prestada homenagem a Amália Rodrigues, José Afonso, Carlos Paredes, entre outros.



A realização deste concerto, com entrada gratuita, insere-se na aprovação da candidatura “Lugares Património Mundial do Centro”, liderada pelo Turismo do Centro em parceria com os municípios de Alcobaça, da Batalha, Coimbra e Tomar, e a Universidade de Coimbra.

2017-09-18 00:00 - C.M. Batalha

A Praça Mouzinho de Albuquerque, na Batalha, acolhe no próximo domingo, 24 de setembro, mais uma edição da reconstituição do Mercado do Século XIX.


A iniciativa conta com a participação de 350 figurantes, oriundos de oito agrupamentos folclóricos e pretende manter vivas as tradições da cultura popular e dos produtos comercializados nos mercados da época.



O evento recriará ainda o ambiente popular característico dos mercados existentes no século XIX, com animação diversificada e através de figuras-tipo tais como o oleiro, o tira-dentes, a bordadeira, o latoeiro, o louco, as leitoras da sina, entre outros, através da participação de atores do Grupo “TE-ATO – Grupo de Teatro de Leiria”.


O público poderá adquirir produtos típicos da região e habitualmente comercializados nos mercados rurais, tais como a sardinha assada, a broa e o pão, frutas e hortaliças, vinho de pipo, pevides, tremoços e a doçaria tradicional.


Com entrada livre, a reconstituição do Mercado do Século XIX da Batalha decorre das 15h00 às 18h30.

2017-09-11 00:00 - C.M. Batalha

A Câmara da Batalha, através do Museu da Comunidade Concelhia, o Mosteiro da Batalha e a companhia de Teatro “O Nariz” criaram uma parceria com o intuito de fomentar as ações de Serviço Educativo a realizar no Ano Letivo que agora tem início.


As ações a disponibilizar aos alunos, mediante marcação através do site do Mosteiro da Batalha (área Serviço Educativo), consistem na realização de três visitas encenadas ao monumento, intituladas “Visita do Marquês”, “Eram só pedras quando tudo começou” e “Dona Filipa”, sendo dirigidas a alunos do 1º e do 2º CEB.


As visitas são executadas por atores profissionais da companhia de Teatro O Nariz que, de uma forma descontraída e através de uma linguagem adequada ao público escolar, transmitem diversas informações de âmbito histórico e patrimonial, em estreita ligação aos programas curriculares.


Com o intuito de reforçar os conhecimentos adquiridos através das visitas encenadas ao mosteiro, o Museu da Comunidade Concelhia da Batalha disponibilizará diversas atividades lúdicas destinadas aos alunos e aos docentes, compreendendo áreas pedagógicas relacionadas com a História, Paleontologia e Ciências da Terra.

2017-09-04 00:00 - C.M. Batalha

O número de atendimentos no Posto de Turismo da Batalha (PIT), durante o mês de agosto, aumentou mais de 40%, face a igual período de 2016, segundo dados preliminares apurados pelos serviços municipais de turismo.


“A atividade turística na Batalha continua a crescer em ritmo acelerado, o que deixa antever mais um ano extremamente positivo para o setor”, antecipa Paulo Batista Santos, Presidente da Câmara Municipal da Batalha que, num primeiro comentário aos números conhecidos, garante que “a Batalha está na moda, no estrangeiro e também cada vez mais no nosso país”.



A confirmar isso mesmo regista-se o aumento significativo de portugueses que em agosto procuraram a Batalha, tendo o PIT da Batalha registado um crescimento homólogo de 72,5%, o que é um valor recorde de turismo português.


No total, o mês de agosto de 2017, em comparação com o de agosto de 2016, passou de 4.711 atendimentos para 6.635, um aumento de 40,8%. Em igual período, o número de estrangeiros cresceu 36,5%: em agosto de 2016 tinham sido 4.140, em agosto de 2017 foram 5.650.



Especial destaque merece o crescimento de turistas franceses e espanhóis, que aumentaram, respetivamente 41,3% e 11,5%, representando estas nacionalidades 2/3 da procura turística no PIT da Batalha, com um valor global de 3.756 atendimentos.


“É de realçar, ainda, que estima-se que os proveitos da atividade hoteleira e restauração cresceram significativamente neste período, em larga medida, alavancados pela forte presença de eventos como o espetáculo de vídeo mapping  - A Luz do Mosteiro -, festivais de referência internacional como o Lisbon Music Fest, festival internacional de orquestras e coros que teve 4 concertos na Batalha, ou ainda, a projeção nacional e internacional que as Festas de Agosto trouxeram à Batalha, com a presença de Calum Scott e outros artistas portugueses de referência”, destaca o autarca da Batalha.

2017-08-28 00:00 - C.M. Batalha

A Câmara Municipal da Batalha deliberou adjudicar a empreitada designada “Operação Urbanística de Salvaguarda aos Impactos de Ruído e Poluição sobre o Mosteiro Santa Maria da Vitória, Zona Poente”, a realizar no prazo de 90 dias a contar da celebração do contrato, pelo valor global de 510.388,83€ + IVA, em resultado do concurso público.


Recorde-se que esta intervenção consiste na requalificação urbanística e paisagística na frente do Mosteiro através da criação de uma barreira acústica que minimize os impactes ambientais relacionados com a poluição sonora e promova a melhoria das condições ambientais  e urbanas  na área envolvente do Monumento Nacional, prevista no âmbito do Plano de Ação para a Regeneração Urbana (PARU) da vila da Batalha e financiada pelo Programa Operacional para a Região Centro – CENTRO 2020.



Trata-se de uma ação preventiva e necessária à proteção do Monumento, ainda recentemente evidenciada em estudo geofísico coordenado pelo Professor Manuel Senos Matias, na publicação “Anatomia de um Mosteiro”.



A Câmara da Batalha conta com o apoio técnico da Direcção Geral do Património Cultural (DGPC) e realizou um acordo de gestão com a empresa Infraestruturas de Portugal, S.A., subscrito pelo Conselho de Administração e que permitirá intervir na zona envolvente da EN 1, sob gestão da concessionária da rede rodoviária nacional.



Note-se que o Mosteiro da Batalha voltou a ser o 3º monumento nacional mais visitado no primeiro semestre do ano de 2017, contabilizando um total de 205.300 visitantes, segundo a Direcção Geral do Património Cultural (DGPC), e assume uma posição estratégica para o crescimento do turismo regional e nacional.



Para o Presidente da Câmara Municipal da Batalha, Paulo Batista Santos, “este projeto é resultado de uma forte parceria entre várias entidades, muita determinação da Câmara e realiza uma opção que sempre tivemos de valorização do património”.



“A sua concretização foi um enorme desafio que muito poucos acreditavam, mas com firmeza iremos realizar mais um projeto reclamado há várias décadas. Agradecemos aos Governantes e aos Parlamentares, bem assim ao Senhor Presidente da República, Professor Marcelo Rebelo de Sousa, que nos ajudaram a materializar este objetivo nacional”, refere ainda o edil da Batalha.



“O Mosteiro da Batalha tem sido uma alavanca extraordinária para a economia local e através desta obra colocaremos a Batalha ao nível de muitas cidades europeias que investem na defesa e valorização ambiental do seu património”, acrescenta o autarca.

2017-08-21 00:00 - C.M. Batalha

A Câmara Municipal da Batalha vai realizar as obras de conclusão do novo parque verde da Vila da Batalha, concretizando a requalificação do açude e a construção de uma nova ponte que ligará o novo Parque dos Infantes ao Pavilhão Multiusos e à zona desportiva da Batalha.


Trata-se de um investimento global que ascende a 110 mil euros, numa intervenção que contemplará a requalificação do atual açude da Ponte Nova, construção de nova ponte e desenvolvimento de parque verde, numa zona de excelência da Vila da Batalha, que desta forma ficará a contará com mais um espaço de lazer nas proximidades do Rio.



A Câmara Municipal está a analisar a possibilidade de candidatar este investimento ao Fundo Ambiental, criado através do Decreto-Lei n.º 42-A/2016, de 12 de agosto, que integrou o anterior Fundo de Proteção dos Recursos Hídricos e o Fundo para a Conservação da Natureza e da Biodiversidade.



Este projeto está previsto desde a conclusão das obras do Parque dos Infantes, uma vez que possibilitará a ligação da ciclovia e do atual circuito de manutenção com a zona desportiva da Batalha e futuramente com o percurso pedestre nas margens do Rio Lena para a zona da Golpilheira.



Para o Presidente da Câmara Municipal da Batalha, Paulo Batista Santos, “este é um projeto que concretiza o objetivo de requalificação ambiental das margens do rio Lena e que desejamos alargar a outras zonas, com objetivo de valorizar os recursos e coloca-los na fruição das pessoas”.



“O rio Lena tem de ser um recurso sustentável, com vida e limpo”, acrescenta o autarca.

Pág.: 1
Publicidade | Sobre o Portal Nacional | Termos e Condições | Contactos | Clientes | No Facebook | No Twitter
Portal Nacional - 2009-2017 © Webdados - Tecnologias de Informação, Lda.
Todos os conteúdos são propriedade das entidades responsáveis pelas fontes devidamente assinaladas