Notícias no concelho de Batalha

Voltar

Pág.: 12
2017-07-25 00:00 - C.M. Batalha

O Município da Batalha subiu 8 posições no ranking dos municípios portugueses que apresentam maior eficiência financeira, de acordo com a sua dimensão, fixando-se na 29º posição do ranking global dos municípios de pequena dimensão, integrados na lista dos 100 melhor classificados globalmente. O ranking foi publicado esta segunda-feira, no Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses, referente a 2016.



No referido documento, o Município da Batalha encontra-se no top 15 dos municípios que apresentam menor volume de pagamentos de amortizações de empréstimos (passivos financeiros) em 2016, encontrando-se posicionado na 14ª posição nacional dos municípios que apresentam menor volume de despesa paga em juros, o que evidencia o reduzido endividamento municipal.



Segundo os autores do estudo, “dos primeiros municípios hierarquizados com menores encargos de amortizações, quatro são de media dimensão e os restantes são de pequena dimensão. Na generalidade, estes municípios em 2016 apresentaram descida do volume de encargos com amortizações, (…) sendo de relevar: Benavente (-615,4 mil euros, -80,7%), Miranda do Corvo (-548 mil euros, -78,8%), Ponta do Sol (-424 mil euros, -77,5%). Batalha (-377 mil euros, -77%), Penacova (-264,3 mil euros, - 83,3%)”.



Este estudo foi coordenado pela Ordem dos Contabilistas Certificados e realizado em colaboração com o Tribunal de Contas, o Centro de Investigação em Contabilidade e Fiscalidade do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave e a Universidade do Minho.



Para o Presidente da Câmara Municipal da Batalha, Paulo Batista Santos, “este é mais um indicador da boa saúde financeira do Município que, mesmo estando a realizar vários investimentos municipais nas áreas da Educação, do Ambiente e na requalificação urbana, representando mais de 9 milhões de euros, está equilibrado nas suas contas e apresenta um endividamento reduzido”.


 


Consulte aqui o estudo.

2017-07-25 00:00 - C.M. Batalha

A Comissão Diretiva do Centro 2020 (Programa Operacional Regional do Centro) deliberou na sua reunião de 12-07-2017 aprovar a candidatura que o Município da Batalha submeteu relativamente à Expansão da Área de Localização Empresarial (ALE) da Batalha, no lugar da Jardoeira, um investimento total de 1,7 milhões de euros, com uma taxa de comparticipação FEDER de 85%.



A candidatura foi submetida no âmbito do Programa Centro 2020 e ao Aviso Centro-53-2016-01 – Apresentação de Candidaturas de Operações de Acolhimento Empresarial – Apoio à Localização de Empresas, tendo obtido a pontuação máxima no critério da capacidade de instalação e atração de empresas.



O projeto apresentado pelo Município da Batalha visa a expansão da designada área de localização empresarial da Jardoeira (Batalha), através da definição de duas unidades operativas de planeamento e gestão (UOPG) – U1 (norte) e U2 (sul) – numa área total de 34 hectares. O projeto contempla uma operação de urbanização, com investimento em infraestruturas, para expansão desta área de localização empresarial, a requalificação do espaço público e a beneficiação das infraestruturas existentes.
Será ampliada a capacidade da ALE da Jardoeira (Batalha), com cerca de mais duas dezenas de lotes a realizar em sistema de cooperação com os atuais proprietários, promovendo assim uma parceria inédita que irá agilizar a instalação de novos projetos empresariais.



Para o Presidente da Câmara Municipal da Batalha, Paulo Batista Santos, “esta é uma excelente notícia para o Município da Batalha, para a sua competitividade e apoio ao tecido económico local”.


“Este é um investimento estratégico e que irá permitir melhorar as condições da atual zona industrial, mas sobretudo potenciar a fixação de novos investimentos numa localização privilegiada e com excelentes acessos”, acrescenta o edil.

2017-07-20 00:00 - C.M. Batalha

A fachada poente do Mosteiro da Batalha recebe nos dias 28, 29 e 30 de julho, um inovador e surpreendente espetáculo de video mapping, alusivo ao tema “A luz do Mosteiro”.


Assente na história secular do monumento, o espetáculo será constituído por dezenas de formas e de elementos patrimoniais e arquitetónicos alusivos a esta construção majestosa, numa narrativa multimédia repleta de efeitos visuais, em que as gárgulas e os vitrais se assumirão como o fio condutor desta produção.



Envolvendo um amplo conjunto de meios de projeção e de som, o espetáculo “A luz do Mosteiro” conta com a produção da conceituada empresa “O CUBO”, que reúne no seu portfólio alguns dos trabalhos de videomapping mais representativos realizados em Portugal e com uma ampla atividade no estrangeiro.


As projeções, com entrada gratuita, decorrerão nos dias 28 (sexta-feira) e 30 (domingo) de julho às 22h00 e no dia 29 (sábado) às 23h15.


A realização deste evento está integrado no projeto Lugares do Património da Humanidade, financiado por fundos da União Europeia, com o apoio da Direção Geral do Património Cultural / Mosteiro da Batalha.


 


Assista aqui ao vídeo promocional do evento.


 

2017-07-18 00:00 - C.M. Batalha

A Vila da Batalha recebe de 19 a 23 de julho, junto ao Mosteiro – no Largo do Condestável, a final do Torneio Nacional de Futebol de Rua, resultado de uma parceria encetada entre a Autarquia da Batalha, a Associação Cais e a Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF).


O Torneio Nacional de Futebol de Rua, na sua 14ª edição, é uma competição inclusiva que decorre a nível nacional, envolvendo mais de 240 participantes oriundos de norte a sul do país, incluído as regiões autónomas dos Açores e Madeira, na qual são organizados torneios distritais e regionais, se apuram as equipas vencedoras e se formam as seleções locais, para a grande final nacional. A edição presente do evento contará também com duas equipas oriundas de Inglaterra.



Serão igualmente apurados nesta competição, os jogadores que integrarão a Seleção Nacional de Futebol de Rua, que participará no Campeonato do Mundo da modalidade, a realizar de 29 de agosto a 5 de setembro na Cidade de Oslo na Noruega.



Os jogos têm início na sexta-feira, 21 de julho, às 10h00, prolongando-se até às 22h30. No dia seguinte, sábado, as partidas iniciam-se às 9h30, prosseguindo ao longo da tarde, com destaque para realização, às 21h00, do jogo de apuramento dos quartos de final. No domingo, às 9h30 realizar-se-ão os jogos de apuramento e a partir das 14h30, têm lugar as meias finais. O último jogo decorrerá às 16h00.



Registe-se que o Projeto Futebol de Rua tem vindo a crescer ano após ano, chegando a cada vez mais pessoas de todo o país. O evento aglutina ainda diversas atividades culturais, recreativas e educativas, com visitas ao Museu da Comunidade Concelhia da Batalha e ao Mosteiro da Batalha.



O Projeto Futebol de Rua pretende estimular a capacitação de indivíduos em situação de fragilidade e exclusão social, nomeadamente quanto às questões da habitação, no desenvolvimento de competências pessoais e sociais por meio da prática desportiva.



Desde 2004, a Associação CAIS é a embaixadora do Futebol de Rua em Portugal, uma prática de sucesso comprovado em todo o mundo, onde participam homens e
mulheres com mais de 15 anos de idade e que vivem em situações de vulnerabilidade social.



O Futebol de Rua é um instrumento de capacitação, no desenvolvimento de competências pessoais e sociais que, ao longo dos últimos anos tem crescido e reunido importantes apoios, caso do Programa “Football for Hope”.



No ano de 2017 o Projeto foi galardoado na Gala Quinas de Ouro da Federação Portuguesa de Futebol e foi distinguido pelo Conselho de Administração da UEFA Foundation for Children como um dos 23 projetos europeus que mais se destacaram no desenvolvimento de projetos de inclusão social.

2017-07-18 00:00 - C.M. Batalha

A Praça Mouzinho de Albuquerque recebe na próxima sexta-feira, 21 de julho, às 11h00, mais uma homenagem ao Patrono da Arma de Cavalaria, Joaquim Mouzinho de Albuquerque. A iniciativa, organizada pela Arma da Cavalaria do Exército, com o apoio da Autarquia, contará com diversas intervenções e um desfile da força em parada, sendo antecedida de uma marcha a cavalo, que chegará à Vila da Batalha na quinta-feira, dia 20.


 


Nascido na Quinta da Várzea, na Batalha, Joaquim Mouzinho de Albuquerque foi um distinto militar português, cuja intervenção e sentido estratega ficou bem patente na Batalha de Macontene (Moçambique).



Paulo Batista Santos, Presidente da Câmara Municipal da Batalha, aponta que homenagear Joaquim Mouzinho de Albuquerque na sua terra natal “significa prestar um contributo à História de Portugal e a um dos militares mais ilustres do país”.



O Edil enfatiza ainda Mouzinho de Albuquerque “foi um militar dedicado e empenhado, que sempre defendeu os valores da defesa da Pátria, a quem, muito justamente, foi atribuído o epíteto de Patrono da Arma da Cavalaria”.

2017-07-11 00:00 - C.M. Batalha

A Estrada de Fátima, na Vila da Batalha e a Estrada de António Coelho, no Reguengo do Fetal, bem como a Rua do Castanheiro (Jardoeira), Rua da Serrada (Palmeiros) e Rua da Marialinha (Quinta do Sobrado), são algumas das vias que vão sofrer obras de requalificação pela Câmara Municipal da Batalha, na ótica do reforço da segurança rodoviária.



No caso da Estrada de Fátima, com a intervenção que já se encontra em curso, passará a ser possível aceder à Estrada de Fátima, logo a partir da Rotunda da Igreja Matriz, sendo que a Rua Moinho da Vila passará a ter apenas um sentido de circulação automóvel, sendo mantido o sentido de circulação, no Largo 14 de agosto de 1385.


A obra em execução reforçará, em complemento, a sinalização rodoviária e a adequação do estacionamento automóvel em toda a Estrada de Fátima.


Já com a requalificação da Estrada António Coelho, será reabilitado todo o pavimento do troço desta via, com início no lugar de Piqueiral até à Estrada Nacional 356-2, no lugar de Rio Seco. A via em causa, que apresenta acentuado desgaste no piso atendendo à elevada circulação automóvel que regista, será beneficiada, estando ainda contemplado o reforço da sinalização vertical em toda a extensão da estrada.


Com a beneficiação e reabilitação dos arruamentos localizados na Freguesia da Batalha, nomeadamente a Rua do Castanheiro, na Jardoeira, Rua da Serrada, localizada nos Palmeiros e Rua da Marialinha na Quinta do Sobrado, pretende-se o restabelecimento da qualidade dos pavimentos e um melhoramento no conforto de todos os utilizadores destes arruamentos.


Aponta Paulo Batista Santos, Presidente da Câmara da Batalha, que a requalificação de ambas as estradas “representa um investimento do Município na segurança rodoviária, atendendo à natureza das intervenções a realizar”.


 

2017-07-10 00:00 - C.M. Batalha

A Câmara Municipal da Batalha procedeu ao início da obra de reabilitação do edifício municipal designado como "Antigo Hospital da Misericórdia", com o objetivo de instalação da futura Unidade de Apoio à Rede Europeia de Conhecimento para a Juventude, um espaço inovador vocacionado para o empreendedorismo jovem e de partilha de espaços e recursos (Co-working), potenciando a qualificação e o emprego de jovens.


 


Trata-se de um investimento global que ascende a 435 mil euros, cofinanciado por fundos europeus e que requalificará um edifício localizado na entrada da Vila da Batalha, contribuindo para o objetivo municipal da reabilitação urbana e valorização dos espaços públicos.


Este projeto conta no seu desenvolvimento com um plano de parcerias que envolverá estabelecimentos de ensino superior da região, empresários e institutos na área do empreendedorismo, promovendo as iniciativas empresariais e a formação dos jovens que desejem beneficiar desta oportunidade.


A iniciativa terá uma forte ligação a projetos europeus nas áreas da juventude e do empreendedorismo, em estreita ligação com o Centro Europeu do Conhecimento para as Políticas de Juventude e a Agência para a Sociedade do Conhecimento (UMIC).


Para o Presidente da Câmara Municipal da Batalha, Paulo Batista Santos, “este é um projeto de referência para o futuro do Concelho, dirigido para o empreendedorismo e capacitação dos jovens, mas também uma oportunidade para as empresas locais que passarão a ter um espaço privilegiado de recrutamento e formação de novos quadros”.


“Este novo Espaço Jovem Empreendedor será um passo em frente na modernização da Batalha e uma oportunidade de valorização de uma geração com enorme potencial”, acrescenta o autarca.

2017-07-07 00:00 - C.M. Batalha

A Direção-Geral do Património Cultural (DGPC) procedeu, mediante comunicação dirigida à Câmara Municipal da Batalha, à abertura formal do procedimento de classificação do painel de azulejo, localizado na Freguesia de Reguengo do Fetal.


Situado na encosta nascente que ladeia esta freguesia, o antigo painel publicitário da extinta companhia área norte americana “Pan Am”, integra a memória coletiva da antiga companhia aérea, sendo constituído por cerca de 4000 azulejos, com uma área de 92 metros quadrados.



A estrutura publicitária constituiu, em paralelo, um excelente exemplo da capacidade e da técnica criativa das empresas de azulejo portuguesas, conhecendo-se apenas um segundo exemplar com estas características no Concelho de Aveiro, localizado na Freguesia de Oliveirinha, cujos azulejos, à semelhança do painel da Batalha, foram produzidos pela conceituada e história Aleluia Cerâmica.



No que se refere ao procedimento de classificação do painel localizado na encosta nascente da Freguesia de Reguengo do Fetal pela DGPC, a estrutura em causa fica abrangida por uma zona de proteção de 50 metros.



Registe-se que em 2015, a Fundação americana “Pan Am” demonstrou interesse quanto à salvaguarda do painel, tendo-o declarado como memória com grande expressão da antiga companhia aérea.



Paulo Batista Santos, Presidente da Câmara da Batalha, enaltece a abertura do procedimento de classificação do painel pela DGPC, “no decurso da tramitação dada pela Autarquia, nos termos da legislação relativa à proteção do património”.



Refere ainda o Autarca que, “atendendo à importância simbólica e patrimonial desta estrutura publicitária significativa, a Câmara da Batalha encetará todos os esforços para a sua preservação e promoção”.


 

2017-07-05 00:00 - C.M. Batalha

De acordo com os termos definidos do apoio, a distribuição das verbas compreende 60 mil euros a afetar a despesas de funcionamento, designadamente no que respeita à manutenção do dispositivo de Proteção Civil, 30 mil euros para a comparticipação de despesas de investimento e o valor remanescente para apoio ao funcionamento da Equipa de Intervenção Permanente, face ao definido na Portaria n.º 1358/2007, de 15 de outubro, na sua atual redação, em conjugação com o despacho n.º 5141/2015, de 04 de maio de 2015.


A decisão da atribuição deste apoio municipal assenta na importância da prestação do serviço, de manifesto interesse público para o Concelho da Batalha, com a salvaguarda das missões ligadas à proteção de pessoas e bens.


Os 120 mil euros de apoio pretendem ainda garantir o regular funcionamento e o bom desempenho das missões que são confiadas ao longo do ano à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Batalha.


No entender de Paulo Batista Santos, Presidente da Câmara Municipal da Batalha, “a cedência deste apoio financeiro à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Batalha consubstancia a importância que a Autarquia atribuiu a esta associação, em particular do seu corpo de bombeiros que prestam serviços essenciais à população local".


A ação dos Bombeiros Voluntários da Batalha é bastante específica no cômputo das restantes associações concelhias, recaindo sobre estes voluntários a proteção das pessoas e a defesa dos bens, razão pela qual, enfatiza o Autarca, “a expressão significativa do apoio atribuído pela Câmara Municipal”.


 

2017-07-04 00:00 - C.M. Batalha

A Autarquia da Batalha vai oferecer no próximo ano letivo os manuais escolares aos alunos dos 5ºs e 6ºs anos da rede pública concelhia.


A medida, aprovada por unanimidade em Executivo, envolve cerca de 260 alunos e representa um investimento de 35 mil euros, prevendo-se que os manuais sejam entregues no início do próximo ano letivo.



Esta resposta da Autarquia da Batalha complementa a oferta de manuais aos alunos do 1º CEB pelo Ministério da Educação, decorrendo do reforço de competências assumidas pela Câmara Municipal, no âmbito da assinatura do Contrato Interadministrativo de Delegação de Competências na área da Educação.



A medida, explica Paulo Batista Santos, Presidente da Câmara da Batalha, “visa apoiar, de forma concreta, as famílias de todo o Concelho da Batalha, numa área de investimento considerada prioritária como é a Educação”.



O Edil enfatiza que "a importância que a Autarquia da Batalha atribui à qualificação dos jovens, tem sido uma constante, envolvendo a atribuição e diversos apoios relacionados com a Ação Social Escolar, o pagamento de Bolsas de Estudo, ou mesmo a aquisição de diversos equipamentos para as Escolas”.



Foi ainda deliberado que os alunos do 1º CEB que receberam manuais escolares no início do presente ano letivo não os terão de devolver.


 


Foto: Direitos reservados

Pág.: 12
Publicidade | Sobre o Portal Nacional | Termos e Condições | Contactos | Clientes | No Facebook | No Twitter
Portal Nacional - 2009-2017 © Webdados - Tecnologias de Informação, Lda.
Todos os conteúdos são propriedade das entidades responsáveis pelas fontes devidamente assinaladas