Notícias no concelho de Batalha

Voltar

Pág.: 1
2017-04-24 00:00 - C.M. Batalha

O projeto “Vitrais para Igreja de Nossa Senhora de Fátima”, localizada na Freguesia da Golpilheira, é o grande projeto vencedor do Orçamento Participativo da Batalha, com 402 votos recebidos, num total de 825.



De acordo com os fundamentos da proposta submetida, a instalação de vitrais na Igreja de Nossa Senhora de Fátima, recentemente requalificada, contribuirá para a valorização do património material e espiritual da Freguesia da Golpilheira, através da beleza e do simbolismo que os vitrais acrescentarão ao equipamento religioso.



Refira-se que a referida igreja recebeu, em 2016, o altar e outras peças litúrgicas oriundas da Basílica de Nossa Senhora do Rosário, do Santuário de Fátima.
Com 14 projetos em votação, alcançou o segundo lugar o projeto “Campo Desportivo em São Mamede”, com 162 votos seguindo-se a construção de uma parede de escalada, com 72 votos.



Paulo Batista Santos, Presidente da Câmara Municipal da Batalha, regista com grande satisfação “os 825 votos alcançados na presente edição do Orçamento Participativo, sendo evidente que os munícipes cada vez mais se envolvem neste processo de consulta pública”.



Para o Autarca, a implementação do Orçamento Participativo pela Autarquia da Batalha e a inscrição no Orçamento Municipal de trinta mil euros para sua concretização “reforça, de forma evidente, a importância que a Câmara da Batalha atribui a este processo bem como à participação dos munícipes nas decisões a concretizar”.


Aceda aos resultados finais do Orçamento Participativo da Batalha aqui


 

2017-04-24 00:00 - C.M. Batalha

Inaugurada no passado dia 10 de abril pela Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques, a Loja do Cidadão da Batalha contabilizou nas duas primeiras semanas de atividade mais de cinco mil atendimentos efetuados.


Com uma média diária de 500 atendimentos efetuados, a Loja do Cidadão da Batalha tem registado elevada procura pelos cidadãos, o que se traduz na larga superação dos objetivos inicialmente traçados.


No entender de Paulo Batista Santos, Presidente da Câmara Municipal da Batalha, a forte adesão que a loja tem registado, mediante a expressividade dos números de atendimentos “revela a grande importância deste projeto para os munícipes”.



O Autarca, enfatiza que a Loja do Cidadão da Batalha representa “um investimento na proximidade dos cidadãos com os serviços da Administrativa pública, numa lógica de descentralização dos serviços, promovendo a igualdade social”.



Face ao elevado número de solicitações, a Câmara da Batalha encontra-se a introduzir melhorias na gestão dos atendimentos, criando, em paralelo, mais zonas de espera, para que o atendimento seja mais cómodo para os cidadãos”.



Registe-se ainda que o tempo médio de atendimento situou-se, na última semana, em 30 minutos, com a maioria dos serviços a totalizar os 5 minutos.
Aponte-se ainda que a construção da Loja do Cidadão da Batalha foi objeto de candidatura aprovada a fundos europeus, num investimento de 600 mil euros, com um apoio do FEDER de 350 mil euros.

2017-04-17 00:00 - C.M. Batalha

Tem lugar amanhã, terça-feira, 18 de abril, às 08h30, junto ao edifício dos Paços do Concelho da Batalha, o arranque do projeto de fiscalização da GNR “Prevenir Já”.



O projeto materializa-se na fiscalização intensiva de todas as áreas inseridas nas faixas secundárias de gestão de combustível, assente numa estratégia de patrulhamento e policiamento de proximidade, sensibilizando as populações em estreita colaboração com autarquias e comunidades locais, com o objetivo último de prevenção de incêndios florestais.



A implementação do projeto “Prevenir Já” no Concelho da Batalha, ditou que só em 2015 fossem registadas menos 516 infrações, comparativamente a 2014, com o cumprimento voluntário dos cidadãos, na ordem dos 73%.



O “Prevenir Já” tem vindo a ser implementado pelo Grupo de Intervenção Proteção e Socorro da Guarda Nacional Republicana, sedeado na Base de Reserva de Alcaria.



No entender de Paulo Batista Santos, Presidente da Câmara da Batalha, “este é um projeto de enorme importância na prevenção dos fogos florestais, que tem evidenciado importantes resultados práticos”.



“Deve ser enaltecida a ação dos militares da GNR na implementação deste importante projeto”, adianta o Autarca, salientado o trabalho de grande qualidade ao nível da identificação dos terrenos em incumprimento, “mas também na ação pedagógica e de sensibilização junto das populações para com esta problemática dos incêndios florestais”.


 


Foto: Direitos Reservados

2017-04-10 00:00 - C.M. Batalha

O Auditório Municipal da Batalha recebe no próximo dia 18 de abril, terça-feira, das 10h30 às 13h00, uma ação de sensibilização alusiva ao Ordenamento do Território.


A iniciativa pretende analisar as medidas de coordenação de pareceres, o regime jurídico da REN – Reserva Ecológica Nacional e, também, alguns esclarecimentos sobre o Regime Extraordinário de Regularização das Atividades Económicas, matérias de grande atualidade e interesse para autarcas, dirigentes, técnicos, associações, escolas profissionais, empresas e cidadãos em geral.



Esta ação divulgará ainda as principais temáticas que à gestão territorial respeita, designadamente na vertente de uso, ocupação e transformação do solo, bem como a legislação específica que determina a emissão de pareceres e o inter-relacionamento com as câmaras municipais e outras entidades externas (da administração central e outras), cidadãos e empresas.


A sessão contará com a participação de dirigentes e equipas técnicas da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro.



Os interessados poderão formalizar a inscrição, gratuita, através do email estrela.neiva@cm-batalha.pt bastando indicar o nome completo e a entidade profissional.


 

2017-04-08 00:00 - C.M. Batalha

A menos de dois meses da visita do Papa Francisco à Cova de Iria (Fátima), o concelho da Batalha prepara-se para acolher os milhares de peregrinos que se esperam no Santuário e também no concelho da Batalha, ponto de passagem dos designados Caminhos de Fátima, a saber, o Caminho do Tejo que parte de Lisboa, o Caminho da Nazaré e o Caminho do Mar que parte do Estoril e Cascais.


Também as unidades hoteleiras da Batalha, no centro da Vila e no âmbito da Área de Reabilitação Urbana desenvolvida pela Câmara, registam as obras de ampliação e requalificação, que no seu conjunto representam um investimento de cerca de 1,2 milhões de euros (cerca de 50% de fundos comunitários e o restante privado).


Já ao nível do acolhimento, a Câmara Municipal da Batalha irá disponibilizar equipamentos municipais (Centro Escolar da Batalha, Pavilhão Multiusos, Balneários da Zona Desportiva, entre outros), para proporcionar zonas de apoio, descanso e pernoita dos peregrinos a pé, reforçando assim as condições de receção aos muitos visitantes que se esperam nos próximos dias 12 e 13 de maio.



Paulo Batista Santos, presidente da Câmara Municipal da Batalha, considera que a visita do papa é um desafio ao nível da solidariedade e apoio aos peregrinos e uma oportunidade para o turismo local, promovendo a qualidade e oferecendo a todos condições para acompanhar a visita papal, “a preços de mercado e distante dos valores exorbitantes anunciados para a região de Fátima”.


De acordo com o autarca, a Câmara da Batalha irá garantir estacionamento gratuito para os visitantes e assegurar transporte gratuito entre a Vila da Batalha e a Cova de Iria (Fátima), em autocarros de turismo, e para as cerimónias previstas para a noite do dia 12 e manhã do dia 13 de maio no Santuário de Fátima.


"A Batalha está a escassos quilómetros de Fátima e na zona de São Mamede, a menos de mil metros, esta proximidade determina medidas de apoio e assistência aos muitos peregrinos que atravessam o Concelho, iremos fazê-lo em estreita colaboração com as demais entidades envolvidas na preparação deste grande evento nacional", acrescenta Paulo Batista Santos.


A Câmara Municipal da Batalha prevê investir nas medidas agora aprovadas cerca de nove mil euros, orientadas para a assistência aos peregrinos a pé, bem como para a colaboração ao nível da sinalização e limpeza dos Caminhos de Fátima. As facilidades de transporte e de estacionamento, bem como as medidas de divulgação e apoio turístico completam os investimentos aprovados pela edilidade local.



Fotografia: Direitos Reservados

2017-04-04 00:00 - C.M. Batalha

É inaugurada na próxima segunda-feira, 10 de abril, às 11h00, a Loja do Cidadão da Batalha, numa cerimónia que contará com a Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques.


O projeto foi objeto de candidatura aprovada a fundos europeus, representando um investimento global superior a 600 mil euros, com um apoio do FEDER de 350 mil euros.
Trata-se da primeira Loja do Cidadão da Região de Leiria que consubstancia um objetivo estratégico nacional, com o intuito de construir uma Administração cada vez mais sustentável e mais próxima dos cidadãos e das empresas.



A Loja do Cidadão da Batalha, instalada no edifício dos Paços do Concelho, resulta de uma parceria entre o Município e a Agência para a Modernização Administrativa, concentrando no mesmo edifício, o Instituto dos Registos e Notariado, a Autoridade Tributária e Aduaneira e o Instituto da Segurança Social.



Para Paulo Batista Santos, Presidente da Câmara Municipal da Batalha, a instalação na Batalha da primeira Loja do Cidadão da região “constitui um enorme motivo de orgulho, num projeto que reputamos de grande importância para os munícipes".



Enfatiza Paulo Santos que com a abertura da Loja do Cidadão da Batalha “investimos na proximidade administrativa através da aposta na descentralização dos serviços públicos, combatendo a infoexclusão e promovendo a igualdade social”.

2017-04-03 00:00 - C.M. Batalha

O Auditório Municipal da Batalha recebe na próxima sexta-feira, 7 de abril, com início às 9h30, o Encontro Regional alusivo “Projeto Fénix”, iniciativa que contará com a participação da coordenadora Nacional do programa, Luísa Moreira.


O Projeto Fénix consiste na criação de turmas, também designadas por ninhos, nos quais são temporariamente integrados alunos que necessitam de maior apoio para recuperação de aprendizagens, permitindo um ensino mais individualizado, com respeito por diferentes ritmos de aprendizagem, o que se tem vindo a revelar uma estratégia de sucesso educativo.



O sucesso deste modelo de aprendizagem, ditou a sua integração nas medidas de promoção do sucesso educativo, promovidas pelo Ministério de Educação.



Registe-se que o Agrupamento de Escolas da Batalha é uma das instituições que acolhe o projeto Fénix, num projeto que assenta num modelo organizacional de escola e que permite dar um apoio mais personalizado aos alunos que evidenciam dificuldades de aprendizagem nas disciplinas de Português, Matemática, ou outra identificada pela escola de acordo com a taxa de sucesso.



Os mais de 150 docentes inscritos no encontro terão a oportunidade de participar em diversas oficinas temáticas, com a análise de temas como “A sequência didática e a escrita de géneros textuais”, “Boa ou má temática”, “Ciências naturais – um currículo integrado no contexto”, e “Aprendizagem cooperativa: uma experiência pedagógica transformadora para alunos e professores”.



Refere Paulo Batista Santos, Presidente da Câmara da Batalha que a organização deste encontro associado ao programa Fénix “se reveste da máxima importância, atendendo aos excelentes resultados com que o mesmo se reveste na ótica da recuperação do aproveitamento escolar dos alunos”.



No entender do Autarca, a forte adesão dos docentes a esta iniciativa, que constitui uma organização do Agrupamento de Escolas da Batalha com o apoio da Autarquia, “reflete a pertinência da temática e a abrangência das comunicações e das oficinas temáticas a realizar”.


 


Mais informações do Encontro aqui

Pág.: 1
Publicidade | Sobre o Portal Nacional | Termos e Condições | Contactos | Clientes | No Facebook | No Twitter
Portal Nacional - 2009-2017 © Webdados - Tecnologias de Informação, Lda.
Todos os conteúdos são propriedade das entidades responsáveis pelas fontes devidamente assinaladas