Notícias no distrito de Évora

Voltar

Pág.: 123456
2019-05-18 06:53 - A Defesa
OIÇA AQUI NA ÍNTEGRA O PROGRAMA SER IGREJA DESTE DOMINGO, 19 DE MAIO DE 2019

Neste mês de Maio, mês de Maria, mês do Dia Internacional de Família, o destaque desta emissão de 19 de Maio do Ser Igreja vai para a Peregrinação Diocesana da Família ao Solar da Padroeira em Vila Viçosa, agendada para o próximo dia 25 de Maio. Para sabermos mais pormenores deste grande evento diocesano, estaremos à conversa com o P. Mário Tavares de Oliveira, responsável pelo Departamento Diocesano da Pastoral da Família.Nesta emissão contamos também com a rubrica semanal da Fundação Ajuda à Igreja que Sofre sobre a realidade dos cristãos perseguidos no mundo.Fique a par de toda a actualidade arquidiocesana no espaço informativo Espiga Doirada.Para finalizar teremos ainda o espaço Palavra na Vida, ao ritmo do Evangelho de cada domingo.Não perca este interessante programa que será emitido no domingo, dia 19 de Maio, a partir das 10h, nas seguintes rádios: Rádio Sim Alentejo em 97.5 FM; Rádio Despertar (Voz de Estremoz) em 94.5 FM; e Rádio Telefonia do Alentejo (Évora) em 103.2 FM.Pode ainda ouvir o Ser Igreja, produzido pela Arquidiocese de Évora, nas seguintes emissoras: Rádio Campanário (Voz de Vila Viçosa) em 90.6 FM; Rádio TDS – Telefonia do Sul (Setúbal, Alentejo e Lisboa.) em 93.9FM e 104.7FM; e Rádio Canção Nova em 103.7 FM, a partir de Fátima para a zona Centro de Portugal.Contudo, esta emissão pode também ser ouvida on-line na página oficial da Arquidiocese de Évora em dioceseevora.pt ou na página de Facebook da Arquidiocese de Évora.
2019-05-17 17:00 - Diário do Sul
“Mãos que falam” é o título da exposição de escultura que Maria Leal da Costa apresenta até dia 7 de julho na Igreja de Santiago – Galeria de Arte, em Monsaraz. A mostra integra o ciclo de exposições Monsaraz Museu Aberto e pode ser apreciada diariamente entre as 9h30 e as 12h30 e das 14h às 18h.

2019-05-17 16:44 - Diário do Sul
• Para projetos conjuntos nas áreas da agropecuária, da aquacultura e dos laticínios;
• Protocolo abrange diversas licenciaturas como Medicina Veterinária, Engenharia Zootécnica, Engenharia Mecatrónica ou Biologia.

2019-05-17 16:40 - Diário do Sul
Até 7 de Junho pode conhecer a exposição A Escola na Cidade – Escola Secundária Gabriel Pereira 100 anos, que foi inaugurada esta semana (16 de Maio) na Biblioteca do referido estabelecimento de ensino, em Évora.

2019-05-17 16:33 - Diário do Sul
O executivo municipal aprovou por unanimidade na reunião de câmara de 15 de maio a adesão da autarquia ao Movimento Municípios pela Paz e, por inerência, aos “10 Compromissos pela Paz”. A autarquia pretende desenvolver a atividade municipal no âmbito da promoção da paz nas áreas da educação, da cultura e do desporto.

2019-05-17 11:57 - A Defesa
O Café Memória de Évora procura Voluntários(as) que queiram integrar o Projecto de Voluntariado do Café Memória, noticiou o UELine - jornal online da Universidade de Évora.
1. CAFÉ MEMÓRIA de ÉVORA Os CAFÉS MEMÓRIA resultam de uma iniciativa de duas entidades promotoras, a Associação Alzheimer Portugal e a empresa Sonae Sierra. Contam com o apoio de parceiros institucionais, tais como, a Fundação Calouste Gulbenkian, a Fundação Montepio, o Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Católica e de um conjunto alargado de outros parceiros locais e nacionais.

A entidade promotora local deste Café Memória é a Universidade de Évora. Conta ainda com o apoio dos seguintes parceiros: o Restaurante Cafetaria Salsa Verde, a Fundação Eugénio de Almeida,  as Empresas NephroCare, DECSIS, a Delta Cafés, a Câmara Municipal de Évora e a Direção Regional de Cultura do Alentejo

Atualmente, existem 19 Cafés Memória no País. Desde o início do projeto até à data, já se realizaram mais  de 500 sessões, com cerca de 7.500 participações, maioritariamente de cuidadores e familiares de pessoas com demência e foram formados mais de 400 voluntários, que já dedicaram perto de 12.000 horas ao projeto.

 2. O Café Memória de Évora, em atividade desde Janeiro de 2018, tem por missão e objectivos:

A missão do CAFÉ MEMÓRIA de Évora consiste em reduzir o isolamento social em que muitas das pessoas com demência e os seus familiares e cuidadores se encontram, contribuindo para a melhoria da sua qualidade de vida. Pretende ainda sensibilizar a comunidade para a relevância crescente do tema das demências, diminuindo, assim, o estigma que lhe está associado.
a) Pretende-se proporcionar ao Público-alvo
- Um ambiente acolhedor, reservado e seguro para os participantes
- Facilitar a interação e relações de suporte positivas entre pares (potenciando uma rede de apoio informal que funcione fora dos Cafés Memória)
 - Oferecer apoio emocional que promova a autoestima e a autoconfiança
- Fornecer informação atual, específica, útil e cientificamente comprovada
- Organizar atividades lúdicas adequadas e estimulantes (expressão artística, jogos, etc.)

b) Pretende-se promover na Comunidade
- Um contributo para o diagnóstico precoce (através da informação prestada e do encaminhamento para as entidades de saúde competentes, providenciando uma porta adicional de entrada no sistema)
- O recrutamento, formação e participação de voluntários no projeto
- A criação de parcerias com instituições públicas e privadas (articulação de esforços)
- A realização de eventos de divulgação / sensibilização (conferências, palestras, workshops, etc.)
- O Desenvolvimento de mecanismos que facilitem a criação de uma rede Cafés Memória em Portugal
  3. Projecto de Voluntariado do Café Memória de Évora

O CAFÉ MEMÓRIA de Évora teve inicio em  Janeiro de 2018.

O CAFÉ MEMÓRIA é um local de encontro destinado a pessoas com problemas de memória, com Doença de Alzheimer e outras demências (fase inicial e moderada),  bem como aos respetivos familiares, amigos  e cuidadores profissionais, para partilha de experiências e suporte mútuo. A participação é gratuita e sem marcação prévia.

Os CAFÉS MEMÓRIA oferecem um ambiente acolhedor, reservado e seguro onde se facilita a interação entre pares, se oferece apoio emocional, informação útil e promove a participação das pessoas em atividades lúdicas e estimulantes, com o apoio de profissionais de saúde ou de ação social, num contexto informal.Os encontros decorrem em sessões estruturadas, não clínicas, num espaço informal e protegido, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e redução do isolamento social. O «Café Memória» promove a interação entre pessoas com experiências semelhantes e a participação dos utilizadores em atividades lúdicas e estimulantes, num ambiente reservado e seguro em que é oferecido apoio emocional e informação útil

Com o apoio dos voluntários, as sessões iniciam-se com o acolhimento individual de cada um dos participantes e prosseguem com a apresentação de um tema por um orador ou com a realização de atividades. De seguida, faz-se uma pausa para café destinada a promover um momento de convívio entre todos.

4. Funções do(a)voluntário(a) no projeto:
- Acolher os participantes;
- Ouvir e conversar com os participantes;
- Colaborar na realização das atividades das sessões;
- Preparar e servir a pausa para café;
- Colaborar na montagem/desmontagem do Café Memória;
- Participar no final de cada sessão, na reunião de balanço do Café Memória;
- Participar na organização de eventos de divulgação/recolha de fundos (opcional);

5. Perfil do(a) voluntário(a):
-Ter idade igual ou superior a 18 anos;
-Ser comunicativo
-Ter capacidade de criar empatia
-Ter capacidade para ouvir (escuta activa)
-Ter capacidade de manter confidencialidade
-Ter capacidade de trabalho em equipa
-Ser pontual/assíduo
-Ter disponibilidade de tempo dentro do horário proposto
-Estar interessado / desperto para a problemática das demências
-Ter Formação inicial em Voluntariado ou disponibilidade a curto prazo para a receber
-Ter disponibilidade para participar na formação especifica nos dias 23 e 24 de maio em horário pós-laboral.
-Ter disponibilidade para participar no mínimo em 4 sessões do Café Memória por ano
- Ter disponibilidade para participar em entrevista de seleção nos dias 20 ou 21 de maio (horário a combinar).

6. Local, horário e datas de realização das sessões do Café Memória de Évora
Espaço – Restaurante Cafetaria Salsa Verde - Rua do Raimundo, 95-A
Horário das sessões: das 10h às 12h | Horário para os voluntários: 9h30 – 12h30 - 4º sábado de cada mês.

7. O Café Memória de Évora oferece ao voluntário(a):
- Programa de formação especifica e de acolhimentos aos voluntários;
- Acordo de voluntariado;
- Cartão de identificação do voluntário;
- Certificação da prática de voluntariado;

8. Datas e  Inscrição:
Limite para Inscrição: até 17/5/2019
Se tem interesse neste projeto e vontade de participar, inscreva-se (aqui)
Fonte: Escola Superior de Enfermagem S. João de Deus
2019-05-17 11:27 - A Defesa
No próximo sábado, 18 de maio, Dia Internacional dos Museus, terão lugar no Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo (Museu de Évora) ‘Conversas sobre Arte Arquitetura e Património’, entre as 10h00 e as 18h00, inseridas na iniciativa Noite Europeia dos Investigadores - Ciência na Cidade, e a apresentação pública da inédita predela de altar do pintor eborense Francisco João, às 16h30, com entrada gratuita.
No período da manhã, as conversas contemplam cinco intervenções por oradores da Universidade de Évora e, a partir das 15h00, o programa integra mostras e vistas guiadas.
Às 16h30, decorrerá a apresentação pública da inédita predela de altar (1574), de Francisco João. A obra do pintor quinhentista, até agora desconhecida, estará exposta até 17 de junho de 2019, para celebrar o Dia Internacional - Noite dos Museus. O legado do pintor Francisco João enriquece o património artístico alentejano de retábulos, fontes textuais, memórias e devoções das gentes. 
2019-05-15 17:27 - Diário do Sul
Amanhã, dia 16 de maio, pelas 15:00 horas, a Unidade de Intervenção (UI) comemora o seu Dia da Unidade, no Quartel da Pontinha, em Lisboa, assinalando a data através da realização de uma cerimónia militar.

2019-05-15 17:02 - A Defesa
Na edição de "a defesa" de 15 de Maio de 2019 destacam-se os seguintes títulos:
- 3500 Alunos “abriram o coração” em Portel
- Fundação Alentejo comemora 20 anos ao serviço da Região
- Nas Eleições Europeias de 26 de Maio: Voto electrónico presencial vai ser testado no distrito de Évora
Leia o desenvolvimento destes e de muitos outros títulos na edição de "a defesa" de 15 de Maio de 2019 em formato papel ou digital.
Assine já "a defesa":
- edição em papel - 25 euros/ano
- edição em PDF - 12 euros/ano
2019-05-15 16:36 - Diário do Sul
O Centro de Arte e Cultura da Fundação Eugénio de Almeida está a realizar um programa de performance paralelo à exposição Studiolo XXI – desenho e afinidades, atualmente em exibição no Centro de Arte e Cultura, com a designação Performance como desenho, desenho como performance.

Pág.: 123456
Publicidade | Sobre o Portal Nacional | Termos e Condições | Contactos | Clientes | No Facebook | No Twitter
Portal Nacional - 2009-2019 © Webdados - Tecnologias de Informação, Lda.
Todos os conteúdos são propriedade das entidades responsáveis pelas fontes devidamente assinaladas